CJF será o primeiro a ter SERH Nacional implantado (02/09/2022)

O Conselho Nacional de Justiça (CJF) será o primeiro órgão da Justiça Federal a ter implantado o Sistema Eletrônico de Recursos Humanos – SERH Nacional, o que deve ocorrer até março de 2023. Desenvolvido por servidores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), o SERH foi escolhido para ser o sistema nacional de gestão de pessoas da Justiça Federal.

A implantação do SERH dá início ao Projeto de Desenvolvimento Colaborativo na Justiça Federal, criado pela Resolução nº 632/2020-CJF com o propósito de nacionalizar soluções de TI já desenvolvidas nos tribunais e assim promover a racionalização dos recursos e a padronização de procedimentos.

Sob coordenação do secretário de Sistemas de Recursos e Magistrados do TRF4, Christian Simões Dias, uma equipe de 12 desenvolvedores dos quadros do CJF e dos TRFs atua na implantação. O grupo de trabalho está reunido em Porto Alegre e recebeu ontem (1º/9) a visita do presidente do TRF4, desembargador Ricardo Teixeira do Valle Pereira.

“A implantação do SERH como sistema nacional da Justiça Federal representa um passo a mais na política de compartilhamento e de trabalho em conjunto. Ademais, como existe mobilidade de servidores(as) e magistrados(as) entre as Regiões, a adoção de um único sistema de recursos humanos, além de acarretar redução de custos, propicia o uso de ferramenta e linguagem comuns, facilitando o trabalho de todos”, avaliou o presidente.

O Projeto de Desenvolvimento Colaborativo foi idealizado pelo secretário-geral do CJF, juiz federal Daniel Marchionatti Barbosa, e tem como gerente de projeto o servidor do CJF Frederico Augusto Costa de Oliveira.

 

ACS/TRF4 (acs@trf4.jus.br)

Desenvolvedores trabalham na sede do TRF4, em Porto Alegre (Foto: TI/TRF4)

Presidente do TRF4 posou com servidores que atuam na implantação (Foto: TI/TRF4)

Generated by Feedzy