Página de jurisprudência passa por melhorias que facilitam a pesquisa

Para melhorar a experiência dos usuários, a página de jurisprudência no site do Superior Tribunal de Justiça (STJ) passou por mudanças que deixaram a navegação mais simples. Um vídeo produzido pela Coordenadoria de TV e Rádio do tribunal explica o funcionamento da página de pesquisa e as novidades que foram introduzidas.

A mudança mais pedida pelos usuários era a possibilidade de pesquisar pelo número do processo. Agora, para fazer a pesquisa, basta escolher uma das formas de busca – por termo ou número do processo –, digitar o critério escolhido e clicar no ícone da lupa, e será aberta a página de resultados, com a lista dos acórdãos encontrados pelo sistema.

Outra novidade na página é o acesso rápido ao modo Pesquisa Avançada, que tem um botão localizado abaixo do ícone da lupa. É só preencher os campos específicos e pedir a busca.

Também foram incluídos diversos conteúdos relacionados às principais dúvidas de pesquisa. Localizado na parte inferior da página de busca, o campo Ajuda possui links para tutoriais em vídeo e para dicas em texto sobre o funcionamento da plataforma.

Filtros restringem ainda mais a pesquisa na página de resultados

Para a secretária de Jurisprudência do STJ, Bárbara Brito de Almeida, o maior destaque na página é a possibilidade de filtrar os acórdãos para ter resultados mais específicos.

“Os filtros podem ser por ministro, órgão julgador, data de publicação, data de julgamento, classe e unidade federativa, além dos recursos repetitivos, Incidentes de Assunção de Competência (IACs) e acórdãos de afetação”, apontou.

Na página de resultados, outro ponto enfatizado é a facilidade de alternância entre os modos de exibição: documento completo ou lista resumida. No resumo, os espelhos dos acórdãos são reduzidos, otimizando a identificação de todos os documentos buscados pelo sistema. Para conferir o espelho completo do acórdão pesquisado, basta clicar no link com o número do processo.

A secretária também lembrou que a página conta com um campo para a avaliação do usuário sobre o serviço de jurisprudência. Segundo ela, “a avaliação é importante para podermos entender as necessidades e as dificuldades encontradas pelos usuários, bem como para continuarmos melhorando a prestação dos nossos serviços”.

Generated by Feedzy